Silvia de Araujo Donnini assume a Diretoria de Relações Institucionais da Abramundo

Padrão

Silvia de Araujo Donnini assume a Diretoria de Relações Institucionais da Abramundo, empresa brasileira de metodologias e materiais educacionais para o aprendizado de Ciências no Ensino Fundamental.

Silvia possui mais de 20 anos de experiência em educação, principalmente para o setor público. Já atuou como Secretária Executiva das Escolas do Grupo de São Paulo, associação que na década de 90, reuniu escolas particulares cujo projeto pedagógico destacava-se pela inovação e foco nas teorias de aprendizagem. Também participou do processo de municipalização do interior do Estado de São Paulo como assessora das Prefeituras das cidades de Angatuba, Boituva e Ourinhos.

A diretoria de relações institucionais foi criada com a entrada da executiva para estreitar ainda mais o relacionamento da companhia com o setor público, papel antes realizado por Ricardo Uzal, presidente da Abramundo.

Entre os anos de 2002 a 2009 Silvia foi Diretora Acadêmica e posteriormente Diretora Geral da Escola Superior de Educação Ciências e Letras da cidade de Sorocaba. Ainda na cidade, atuou como Diretora da Área de Gestão Pedagógica na Secretaria da Educação do Município onde coordenou o planejamento estratégico do programa Cidade Educadora em interface com a UNESCO, além de implementar políticas públicas na área da Educação com foco na aprendizagem dos alunos. Durante sua gestão, o IDEB de Sorocaba passou de 4.8 em 2007 para 5,9 em 2009 e 6,0 em 2011.

Silvia também foi responsável pelo alinhamento estratégico da Secretaria da Educação de Sorocaba às premissas da carta das “Cidades Educadoras” e às Metas do Milênio da Organização das Nações Unidas e também atuou como Conselheira Municipal de Educação das Cidades de Sorocaba e São Roque e integrou o Núcleo de Planejamento Regional S/A- NUPLAN que reúne prefeituras de 22 cidades do Sudoeste Paulista.

Silvia chega a Abramundo após um período de uma grande reestruturação financeira, organizacional e cultural e reposicionamento da empresa com a mudança da marca. “Com esses alicerces, a Abramundo está preparada para crescer consolidadamente e levar para o mercado produtos e serviços inovadores, mais acessíveis e de maior qualidade”, afirma Ricardo Uzal, presidente da Abramundo.

Com a chegada de Silvia Donnini, a Abramundo pretende dobrar seus contratos com escolas públicas e atender cerca de 500 mil alunos. Atualmente a empresa atende 0,3% do setor público no país.

Silvia de Araujo Donnini é formada em Letras Vernáculas pela Universidade Mackenzie, é especialista em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e pós-graduada em Gestão Escolar pela Fundação Pitágoras.

Sobre a Abramundo
A Abramundo é uma empresa brasileira que cria, desenvolve, produz e implementa  metodologias  e materiais educacionais para o aprendizado de Ciências no Ensino Fundamental de 1º ao 9º ano. A Abramundo incorporou a Sangari Brasil, fundada em São Paulo em 1997 e que, em 2012, deu início a uma nova gestão política e organizacional. Com investimentos direcionados para a área de Ciências, a Abramundo investe na inovação de produtos e serviços, comprometendo-se com a busca contínua de qualidade e abrangência.

Deixe uma resposta