A Pirelli abre 80 vagas em Programa de Estágio

Padrão

 

A Pirelli abre as inscrições para o Programa de Estágio Pirelli 2015. São 80 vagas para as unidades de Campinas, Feira de Santana, Gravataí, Santo André e São Paulo e os estudantes devem estar matriculados nos seguintes cursos de ensino técnico e superior:

  • Administração
  • Administração com ênfase em Comércio Exterior
  • Ciências contábeis
  • Ciência da Computação
  • Ciências e Tecnologia
  • Comunicação Mercadológica
  • Comunicação Social
  • Direito
  • Economia
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Química
  • Marketing
  • Psicologia
  • Publicidade e Propaganda
  • Relações Internacionais
  • Sistemas de Informação
  • Técnico em Administração
  • Técnico em Eletrônica
  • Técnico em Informática
  • Técnico em Mecânica
  • Técnico em Mecatrônica
  • Técnico em Segurança do Trabalho

Podem se candidatar apenas os estudantes cuja conclusão do curso seja entre julho de 2016 e julho de 2017, sendo que o início do estágio será em janeiro de 2015. As inscrições devem ser feitas no site da Pirelli: www.pirelli.com.br.

“O Programa de Estágio da Pirelli é um dos mais procurado e valorizado por estudantes de diversas áreas e universidades, principalmente porque ele garante a oportunidade de desenvolvimento da carreira, exposição aos diversos níveis da organização, desafios e compartilhamento de experiências com os melhores profissionais do mercado ”, conta Antonia Magnusson, gerente de Recursos Humanos da Pirelli.

Sobre a Pirelli

Com mais de 140 anos de tradição, a Pirelli é uma multinacional italiana consagrada na indústria de pneus, com 22 unidades industriais em 13 países e atividades comerciais em mais de 160 países nos cinco continentes. Na América Latina está presente com sete unidades produtivas, sendo cinco delas no Brasil, onde tem atuação industrial há 85 anos: Gravataí (RS), Campinas, Santo André e Sumaré (SP), Feira de Santana (BA); além de uma na Argentina (Merlo), e outra na Venezuela (Guacara). A empresa emprega mais de 38 mil pessoas no mundo, sendo cerca de 14 mil na América Latina, das quais mais de 12 mil estão nas unidades brasileiras.

 

Deixe uma resposta