Estão abertas as inscrições para o Prêmio Ser Humano

Padrão

As organizações privadas e públicas instaladas no estado do Rio de Janeiro e os estudantes, professores e institui­ções de ensino superior já podem se inscrever para a 35ª edição do Prêmio Ser Humano. A inicia­tiva da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ) que reconhece organizações que fizeram da gestão com pessoas um diferencial competitivo de seus negócios estreia uma nova cate­goria este ano, voltada para as organizações do terceiro setor. O Prêmio avalia práticas de sucesso que tenham ocorrido em proces­sos de gestão com pessoas e que tenham sido concluídas de forma satisfatória, com resultados quan­titativos e qualitativos.

A nova categoria se junta as já tradicionais Micro/Pequena Em­presa, Média/Grande Empresa e Organização Pública, além do Trabalho Acadêmico, que premia alunos de graduação e de pós­-graduação que estejam prepa­rando sua monografia de conclu­são de curso sobre o tema Gestão de Pessoas, juntamente com seus professores orientadores e ins­tituições de ensino. Segundo José Carlos de Freitas, diretor de gestão da premiação, o objetivo com a novidade é mostrar que as ONGs podem ser exemplos de práticas inovadoras relacionadas à área de recursos humanos.

– No caso das organizações do terceiro setor, a exemplo das demais categorias, avaliaremos somente os resultados alcança­dos pelos programas e ações de gestão com pessoas de­senvolvidos internamente. Não serão consideradas as ações externas que elas realizam – es­clarece.

O presidente da ABRH-RJ, Paulo Sardinha, destaca que a qualidade das práticas apre­sentadas só vem aumentando a cada ano. Ele cita o exemplo da Hiperbárica Hospitalar, ven­cedora em 2013 da categoria Micro/Pequena Empresa, com o case “A utilização da alegria como oxigênio nos tratamentos interpessoais” e que conquis­tou em 2014 o Prêmio Oswaldo Checcia, da ABRH-Brasil e, este ano, o Prêmio Oscar Alvear Ur­rutia, promovido pela Federação Interamericana de Associações de Gestão Humana (FIDAGH).

– A recente conquista da Hi­perbárica comprova que o Prê­mio Ser Humano é uma fonte de práticas inovadoras e que trazem reais resultados para as organi­zações. Temos a certeza que te­remos cases tão bons este ano – comemora Sardinha.

Avaliação

No processo para escolher os premiados há duas etapas. Na primeira fase, uma Comis­são Avaliadora seleciona os cinco melhores concorrentes de cada categoria. Na segunda fase, os selecionados passam pelo crivo de uma Comissão Julgadora e pelo Júri Popular na internet que aponta os ven­cedores. Os cases e trabalhos finalistas ficam disponíveis no site da Associação. A conclu­são da comissão julgadora terá peso de 80% e o do público de 20% em relação ao resultado final. Os premiados serão co­nhecidos em uma cerimônia que terá data e local divulga­dos posteriormente, onde re­ceberão o troféu e o reconhe­cimento da comunidade de gestão com pessoas do estado do Rio de Janeiro.

– O prêmio é uma forma de homenagear aqueles que procuram fazer o melhor, além de mostrar para as outras em­presas o quanto é importante investir em recursos humanos. Nós (gestores de RH) somos capazes de transformar as empresas, e é isso que quere­mos mostrar com o Prêmio Ser Humano – explica o presidente da ABRH-RJ. As inscrições po­dem ser feitas pelo telefone (21) 2277-7752 ou www.abrhrj.org.br e vão até 31 de agosto.

Deixe uma resposta