Carlos Waack é o novo diretor-presidente da Renova Energia

Padrão

Carlos Waack é o novo diretor-presidente e Cristiano Corrêa de Barros como diretor Vice-presidente de Finanças, Desenvolvimento de Negócios e de Relações com Investidores da Renova Energia, uma das maiores geradoras de energia renovável em capacidade instalada contratada no Brasil.

Mathias Becker, que esteve à frente da companhia nos últimos quatro anos, renunciou ao cargo e permanecerá na Renova durante a transição que será concluída em 31 de dezembro de 2015.

Waack ingressou na Renova há cinco meses como diretor de Implantação e tomará posse como diretor-presidente em janeiro de 2016. Ele é graduado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e concluiu o MBA pela University of Michigan, em 2002. Possui experiência em diversas áreas, tendo iniciado a carreira no setor financeiro (Banco BBA Creditanstalt e corretora de seguros própria). Após o MBA, trabalhou entre 2002 e 2009 na Mckinsey & Company liderando projetos em diversos setores, como siderurgia, mineração, aeronáutico e automotivo, até ser convidado para se juntar à MRS Logística, na qual atuou como diretor de Vendas e vice-presidente de Operações. Waack assumiu a diretoria Executiva de Vendas da Copersucar S.A. em 2014.

Mathias Becker, atual diretor-presidente, entregou sua renúncia e permanecerá na companhia até o final de 2015. Becker trabalhou por quatro anos na Renova e liderou a companhia nos mais diversos desafios contribuindo para torná-la, antes uma empresa pré-operacional (startup), numa grande empresa de energia renovável, com portfólio diversificado e presença nas fontes eólica, solar e de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). Becker continuará sendo imprescindível nesse momento de transição até que seu sucessor assuma o cargo em janeiro de 2016.

Cristiano Corrêa de Barros integra time da Renova

Cristiano Corrêa de Barros foi eleito como diretor vice-presidente de Finanças, Desenvolvimento de Negócios e Relações com Investidores e tomará posse hoje, 23 de novembro de 2015.  Graduado em Engenharia Elétrica pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC/MG em 1978, em

Engenharia Econômica pela UFMG, em Análise de Sistemas de Processamento de Dados pela UFMG e em Project Analysis Certificate Program – IID/USA. Iniciou sua carreira na CEMIG em 1979, exercendo diversos cargos nas áreas de Planejamento Empresarial, Controle Financeiro, Risco Corporativo e Compliance.

Na Cemig foi diretor de Finanças e Participações, Diretor de Relações com Investidores e membro do Conselho de Administração. Na GASMIG foi Diretor Financeiro, Administrativo e Comercial e Membro do Conselho Fiscal. Atuou como membro do Conselho de Administração e Fiscal de diversas empresas do grupo. É membro do Conselho Fiscal do Operador Nacional do Sistema – ONS, desde abril de 2014. Na Transmissora Aliança de Energia Elétrica – TAESA, foi membro do Conselho de Administração e atuava desde agosto de 2012 como Diretor de Finanças e de Relações com Investidores.

Barros assumirá o cargo que até a presente data era ocupado por Pedro Villas Boas Pileggi. Pileggi após atuar quatros anos na companhia e liderar importantes projetos para captação de recursos e estruturação de diversos financiamentos, também deixará a empresa a partir de hoje. 

O cargo de diretor vice-presidente de Engenharia e Operações permanece vago, uma vez que Álvaro Freitas também deixará a companhia.

 

Deixe uma resposta